A Derrota…

Crescemos e vivemos a ouvir que a vida é feita de lutas, dificuldades e obstáculos, mas também de vitórias, alegrias e conquistas.
Crescemos também com a ilusão de que algures por ai anda alguém que nos completa, que nos vai amar, compreender, apoiar e ficar do nosso lado.
Tantas histórias, tantas ilusões, tantas mentiras, mas também grandes verdades.

Verdade que a vida é feita de muitas dificuldades, de muitos obstáculos e de lutas constantes. Pelo menos assim tem sido a vida. Uma luta atrás de outra, uma batalha seguida de outra, sinto que vivi numa guerra constante. Lutei sempre, enfrentei as batalhas uma a uma e tentei não desanimar, ser forte e acreditar que em todas elas havia um sentido e que algures mais há frente eu iria entender o porquê de cada uma. Quando o meu momento de tranquilidade chegasse, quando a parte boa aparecesse. Acontece que ela, a parte da boa da minha vida, deve ter sido esquecida no plano elaborado para mim.
É só quedas, e tropeções, estaladas constantes da vida e de quem me rodeia.
Chega uma hora, que por muito que se tente, os pensamentos positivos desaparecem, a pouca alegria vai-se, o sorriso deixa de existir, a vontade de lutar, as forças evaporam-se.
Isolamos-nos para não mostrar aos poucos que nos são queridos como estamos mal e não contagiar ninguém, e ficamos mais tristes, mais desanimados, com menos vontade de lutar. Apenas os problemas e as dificuldades nos restam, e o desanimo controla.
Olho em volta e não vejo nada, sinto-me uma naufraga, que não tem onde se agarrar e a quem já faltam as forças para nadar.

Não há trabalho, não há dinheiro, não há companheiro, a comida começa a ser pouca, a casa quase perdida, o coração desfeito, e a derrota está ali, a uns escassos centímetros.
A família afastada por uma série de razões, mas alguns deles estão como sempre á espera de me ver falhar novamente. Pois para esses, parabéns não precisam esperar mais, perdi, uma vez mais perdi.
Aos amigos, aqueles que apesar das suas vidas complicadas e das suas dificuldades, tem estado sempre por perto, obrigada, mas é verdade eu perdi.
Sou uma desilusão para tudo e para todos, principalmente para mim, mas estou cansada.
Cansada de lutar, cansada de perder, cansada de chorar e de sofrer. Cansada do sorriso falso, quando na verdade por dentro estou um caos. Cansada de desiludir e magoar.
Perdi, fui derrotada, não há mais onde ir buscar forças, não consigo mais.
Sei que é triste ouvir isto, mas desisto.
Obrigada e desculpem por tudo, espero que um dia me consigam entender e perdoar.

Anúncios