Vida

A vida é feita de alegrias e tristezas, bons e maus momentos, altos e baixos.

Pouco ou nada pode ser feito para evitar que assim seja, mas quando nos deparamos com os obstáculos da vida cabe a cada um de nós decidir o que fazer.
Ninguém é igual, ninguém reage da mesma forma, uns deixam-se abater por completo entrando num total desespero, outros jamais se deixam abater (pelo menos exteriormente) e há ainda aqueles que apesar de desabarem se levantam com mais força e coragem para enfrentar a vida e as próximas batalhas. Eu sou assim, caio, mas nunca é uma queda definitiva. Por muito grande que seja a queda, por muito que eu sofra, por muito que me desiludam ou magoem Eu não me deixo derrotar.
A vida é assim mesmo, mas nunca devemos desistir.
Em cada queda eu cumpro o meu luto, desabo, choro, isolo-me, desligo-me do mundo, mas passado esse periodo volto á luta de cabeça erguida. Por dentro as feridas vão cicatrizando lentamente, mas por fora tudo vai rolando e o mundo vai ganhando novas cores e novos objectivos.
Claro que a família e os amigos são fundamentais nessa fase, e nisso eu não me posso queixar nem um pouco, os meus amigos tem estado sempre lá, nunca me deixaram só, respeitaram o meu espaço mas sempre demonstrando que se fosse preciso estariam ali do meu lado.
 
As disilusões e agruras da vida fazem parte do crescimento de cada um, por muito que se tente é impossível viver sem passar por isso, só temos que aprender a lidar com lição.
 
Assim é a vida, feita de altos e baixos, nós temos que aprender a aproveitar cada momento alto e a ultrapassar os baixos sem rancor ou amargura.
 
Afinal a Vida são só dois dias e Nós estamos cá só de passagem… 

If you’re not the one – Daniel Bedingfield

If you’re not the one then why does my soul feel glad today?
If you’re not the one then why does my hand fit yours this way?
If you are not mine then why does your heart return my call
If you are not mine would I have the strength to stand at all

I never know what the future brings
But I know you are here with me now
We’ll make it through
And I hope you are the one I share my life with

I don’t want to run away but I can’t take it, I don’t understand
If I’m not made for you then why does my heart tell me that Iam?
Is there any way that I can stay in your arms?

If I don’t need you then why am I crying on my bed?
If I don’t need you then why does your name resound in my head?
If you’re not for me then why does this distance maim my life?
If you’re not for me then why do I dream of you as my wife?

I don’t know why you’re so far away
But I know that this much is true
We’ll make it through
And I hope you are the one I share my life with
And I wish that you could be the one I die with
And I pray in you’re the one I build my home with
I hope I love you all my life

I don’t want to run away but I can’t take it, I don’t understand
If I’m not made for you then why does my heart tell me that I am
Is there any way that I can stay in your arms?

‘Cause I miss you, body and soul so strong that it takes my breath away
And I breathe you into my heart and pray for the strength to stand today
‘Cause I love you, whether it’s wrong or right
And though I can’t be with you tonight
And know my heart is by your side

I don’t want to run away but I can’t take it, I don’t understand
If I’m not made for you then why does my heart tell me that I am
Is there any way that I can stay in your arms?

Desabamento

Sinto-me completamente perdida, sem saber para onde ir, o que fazer, o que dizer.
Sinto que me tiraram o chão e eu vou em queda livre, sem paraquedas, sem ter onde me agarrar e sem saber onde vou parar.
Sinto-me atraiçoada uma vez mais pela vida, por alguém em quem depositei toda a minha confiança, alguém que eu sempre respeitei, com quem fui sincera, honesta, verdadeira. Alguém a quem entreguei o meu coração sem reservas. Sinto que tive a felicidade nas mão mas alguém ma roubou sem se preocupar se eu ia sofrer ou não. Sinto que foi roubado um pedaço de mim e não sei como recuperá-lo. Tento ser forte, mostrar que apesar de tudo o que se está a passar, da bomba que me rebentou nas mãos eu estou bem, mas isso não é verdade. Estou desfeita por dentro, sinto-me vazia, confusa, sem vontade de nada, só quero estar sozinha no meu cantinho, chorar, gritar, espernear. Não consigo entender nada, é uma grande confusão, um desespero, sinto-me de mão e pés atados, não sei o que fazer para me libertar desta situação, deste vazio. Só queria que me explicassem como é que se faz para ultrapassar isto sem tanto sofrimento, sem tanta confusão. Sinto-me traída, usada, enganada, magoada, ferida. Só queria que isto fosse um pesadelo e que quando eu acordasse tudo estivesse normal e nada disto fosse real. Demorei muito tempo a colocar tudo no lugar, a reconquistar coisas que se tinham perdido, como a auto-estima, o amor próprio, a confiar em alguém e agora voltei a perder tudo… E não consigo perceber porquê?

Aos meu Amigos

Amigos verdadeiros na vida temos muito poucos, eu tenho a certeza de ter encontrado os meus.
Vocês são pessoas espectaculares, fantásticas.
Dão sem esperar receber, apoiam, preocupam-se.
Tem sido o vosso carinho e o vosso apoio a manter-me aqui, com força e coragem para continuar a lutar apesar de tudo o que se tem passado.
Serei eternamente grata a cada um de vocês.
Aconteça o que acontecer daqui para a frente, podem ter a certeza que estarão eternamtente no meu coração.
Beijo grande e obrigada por tudo.